Palavra do Presidente

Opinião

Sérgio Butka - Presidente

Trabalho, sim. Exploração, não!

Para suprir a grande demanda de produção, as empresas estão utilizando um expediente muito comum hoje em dia: convocando horas extras. Se fosse só de vez em quando, tudo bem. O trabalhador até ganharia um dinheirinho a mais. O problema é que isso virou uma febre. Está sendo feito de forma abusiva. E o pior é que já está afetando a saúde e a segurança do trabalhador.

Prova disso é o grande número de afastamentos por doenças ocupacionais. Por que, em vez de convocar horas extras, as empresas não contratam mais funcionários? O problema é que muitas empresas visam somente o lucro. Não se preocupam com o bem-estar dos trabalhadores. Para eles é mais fácil impor horas extras, pois economizam mais e não têm que arcar com encargos trabalhistas. Por isso, estamos na luta contra a hora extra abusiva. Trabalho, sim. Exploração, não!

Sérgio Butka, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba e da Força Sindical do Paraná

Sérgio Butka
Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba, da Federação dos Metalúrgicos do Paraná (Fetim) e da Força Sindical do Paraná.